image ASSISTÊNCIA SOCIAL – RELATÓRIO DO CMAS SOBRE AS DIFICULDADES ATUAIS E HISTÓRICAS DE SARANDI*

  1. Segundo dados do Programa Bolsa Família[1] em relação aos principais municípios que compõe o Norte Pioneiro (29 ao todo), Sarandi se destaca apresentando o maior número de famílias proporcionalmente atendidas pelo PBF (3.257 famílias x 4 pessoas/família = 13.028 cidadãos (ãs)) das 30 outras cidades analisadas.
  2. Outro fato intrigante, apesar de recebermos o segundo maior Repasse (R$ 1.673.058,00) do PBF e o segundo maior valor (R$ 5.785,20) dos Recursos Transferidos para Apoio a Gestão, bem como deter do segundo maior valor (R$ 8.035,00) do Teto de Recursos para o mesmo Apoio à Gestão das 29 cidades analisadas, pasmem, abrigamos infelizmente, a menor Taxa de Famílias com Acompanhamento de Agenda de Saúde (0,42) o que equivale a dizer, a cada 100 famílias necessitadas, apenas 42 são atendidas. Falha Técnica ou Política?
  3. Além do mais, compõe neste “Levantamento ou Diagnóstico Social”, a pior (0,67) “Taxa de Crianças com informações de Frequencia Escolar”, além de estar na segunda posição (0,73) empatada com São Jorge do Ivaí na “Taxa de Atualização do Cadastro Único”. Além de lamentável e vexatório, torna-se bastante auto-explicativo sobre as “reais origens” ou “os por quês” dos elevados índices de violência e morte de adolescentes confirmados pelo “Mapa da Violência/2010”. Saiba Mais.

Fonte: Portal do Controle Social de Sarandi

0 comentários

Postar um comentário

Por favor não faça insultos e não use palavras de baixo calão! ou o seu comentário será recusado.