Por que Sarandi não elege um/seu Deputado próprio?

Postado por Unisam terça-feira, 30 de março de 2010

Sarandi padece de um histórico e não muito exemplar processo de descompensação política em não poder eleger um Deputado nas bancadas parlamentares das assembléias estaduais e federais.

Entender os fatores determinantes políticos desta infeliz realidade de sermos faltos de Deputados (as) genuínos e que lutem pelo desenvolvimento do futuro de Sarandi é por demais irônicos, para não ser trágico.

Hoje, detemos de 55 mil cidadãos (ãs) votantes. Uma vez que só por esse “montante eleitoral”, já se tratar de uma implacável “ironia do destino” em relação a egoística “união” de nossa classe política e dos cidadãos em não podermos eleger sequer “um deputado” por falta de consenso político em torno da inviabilidade das várias candidaturas em detrimento de poucas, mas boas.

Além do mais, a nossa proximidade com a cidade-núcleo da região metropolitana de Maringá, cuja posição econômica domina quase todo “capital político” que, tendenciosamente, gerencia a grande maioria das alianças e articulações vem a “desarticular” qualquer pretensão de Sarandi em “lançar poucos nomes” ao prélio eleitoral. Pois isso, significaria uma ameaça à “hegemonia política” maringaense. Saiba Mais

Fonte: Portal do Controle Social

0 comentários

Postar um comentário

Por favor não faça insultos e não use palavras de baixo calão! ou o seu comentário será recusado.